Sousa abre vantagem, mas cede empate ao Juazeirense

Sousa abre vantagem, mas cede empate ao Juazeirense

- Categoria: Esportes

O Sousa poderia ter saído vencedor do confronto deste domingo (18) contra o Juazeirense-BA, pela quinta rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. Poderia, mas não foi o que aconteceu. É que os paraibanos começaram vencendo a partida por 2 a 0, mas cederam o empate aos baianos.

Na partida que aconteceu o estádio Marizão, Rayllan foi o nome do jogo. Ele entrou no segundo tempo para marcar os dois gols que praticamente selaram a classificação do Juazeirense.

O Sousa abriu o placar aos 22 minutos do primeiro tempo numa cobrança de pênalti sofrido por Thiago Almeida. Liniker foi para a cobrança e deixou o time da casa em vantagem.

Cinco minutos depois, aos 27, Thiago Almeida aparece novamente na área para deixar sua marca. Ele aproveitou a jogada construída por Birungueta.

Sentindo o revés, o técnico Carlos Fernando aproveita o intervalo para promover mudanças na equipe. Saíram Capone e Salatiel para entrada de Marquinhos e Rayllan.

O time baiano parece ter sentido a alteração e logo aos sete minutos diminuiu a vantagem do Dinossauro. Rayllan, que acabara de entrar, recebeu o passe, ajeitou a bola e chutou sem que o goleiro Pantera sequer tivesse a chance de fazer a defesa.

O empate acontece aos 24 minutos quando o mesmo Rayllan marca numa cobrança de falta. A bola vai no ângulo da meta adversária.

Eram decorridos 49 minutos, já no final do jogo, quando o autor dos dois gols dos baianos foi expulso de campo. O árbitro entendeu que ele cometeu falta dura e por isso foi punido com o cartão vermelho.

O resultado deixa o Sousa fora da zona de classificação. Com seis pontos, a equipe passa a ocupar o terceiro lugar. O Juazeirense, por sua vez, está com nove pontos e praticamente classificado para a fase seguinte.

A última rodada está marcada para o dia 25 de junho, às 18h. O Sousa enfrenta o Central, em Caruaru, e o Juazeirense recebe o Coruripe-AL.

Ficha técnica:
Sousa
Pantera, Iranilson, Eduardo Sousa, Renan e Josivan; Gleidson, Thiago Almeida, Birungueta (Juninho) e Liniker (Isaías); Rodrigo Poty (Paulinho Mossoró) e Daniel Caiçara.
Técnico: índio Ferreira

Juazeirense
Rodolfo, Anderson, Emílio, Sílvio e Lucas Yan (Anderson Melo); Vaguinho, Candinho, Kléber e Capone (Marquinhos); Salatiel (Rayllan) e Alex Sandro.
Técnico: Carlos Fernando

Deixe uma Resposta