Crítica à "gestão elitizada na Paraíba" marcam encontro do Muda PT

Crítica à "gestão elitizada na Paraíba" marcam encontro do Muda PT

- Categoria: Politica
A tendência interna do Partido dos Trabalhadores, Muda PT, reuniu lideranças petistas de onze municípios do Compartimento da Borborema e Cariri, nesta sábado (17), no Sindicato dos Urbanitários, no Centro de Campina Grande, para discutir a atuação do partido na Paraíba, eleições municipais e conjuntura política nacional e estadual. “Foi um encontro de formação partidária para lideranças”, disse o deputado estadual Frei Anastácio.
O encontro teve a participação do deputado federal Luiz Couto, dos deputados estaduais Frei Anastácio e Anísio Maia, além de lideranças a exemplo de Giucélia Figueiredo (Atual vice-presidente estadual do PT) e Hermano Nepomuceno. Participaram dos debates, lideranças dos Municípios de Riachão do Bacamarte, Boqueirão, Queimadas, Aroreiras, Campina Grande, Alagoa Grande, Massaranduba, Nova Floresta, Esperança,Fagundes e Alagoa Nova.
Além  das discussões sobre a conjuntura política, greve geral marcada para o dia 30 deste mês e de um comício sobre Diretas Já, na Paraíba, os participantes também teceram duras críticas a atual direção estadual do PT. A atual vice-presidente, Giucélia Figueiredo, disse que a atual direção estadual não representa o conjunto dos filiados no estado.
Segundo ela, “não queremos uma direção do PT elitizada, como a que está no PT da Paraíba. Eles se acham donos do partido no estado, e esquecem os filiados e lideranças. O PT foi golpeado na realização do Processo de Eleições Diretas, em Abril, quando a direção anulou a eleição em vários municípios para que eles pudessem ter maioria. Mas, ainda está na justiça e acredito que iremos reverter a situação e teremos o companheiro Anísio Maia na presidência. A direção do PT está privatizada por um grupo que age sem transparência, sem sequer prestar contas aos filiados há cinco anos”, disse. Ela também parabenizou os três mandatos de Frei Anastácio, Luiz Couto e Anísio Maia, que trabalham sintonizados na formação política do partido, como aconteceu no encontro em Campina Grande, segundo ela.
O deputado Anísio Maia também criticou duramente a direção do partido. Segundo ele, a atual direção não tem condições de gerir o PT. “Eles vivem vendendo o PT nos municípios, em troca de favores. É a filosofia daqueles que afundaram o PT, em nível nacional. Mas, todo esse processo serviu para depurar o partido. Agora, sabemos quem é quem. Esse nosso movimento Muda PT é o verdadeiro partido", pontuou.
O Brasil está caindo num abismo
Os deputados Frei Anastácio e Luiz Couto ficaram com a análise da conjuntura política do país e do estado. Luiz Couto reafirmou que o governo de Temer é um profundo golpe à democracia. “O Brasil está num precipício, num buraco. A proposta do governo é de destruição do estado de direito. O governo quer privatizar tudo. A Caixa Econômica, por exemplo,está tendo 40 agencias fechadas, além do Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Correios. Estão querendo privatizar tudo e entregar a previdência pública, ao capital privado. Temos uma quadrilha que tomou conta do país, como dizem os delatores, comandada por Michel Temer”, disse o deputado.
União das oposições
De acordo com Frei Anastácio, para resgatar o país das mãos dos golpistas, e recuperar tudo que foi destruído, é preciso a união dos partidos de esquerdas com um programa construído com a participação popular. “O Muda PT na Paraíba tem um papel muito importante na conscientização dos trabalhadores e trabalhadoras neste  momento tão difícil que o país passa. Vamos ajudar a população a entender quem é quem nos municípios, para evitar que  votem nos golpistas. É esse trabalho que estamos fazendo em todas as regiões do estado, uma pauta positiva de mobilização e conscientização da população que tanto está sofrendo com o desmonte de direitos que esse governo ilegítimo está fazendo”, afirmou o deputado.

Deixe uma Resposta