Fórum defende projeto que obrigue repartições a contratar jovens aprendizes

Fórum defende projeto que obrigue repartições a contratar jovens aprendizes

- Categoria: Paraiba
O Fórum Estadual da Aprendizagem Profissional na Paraíba (FEAP-PB) anunciou a criação de duas comissões: a de Capacitação e a de Acesso.
As decisões foram tomadas durante a 1ª reunião ordinária do Fórum este ano, que aconteceu na última terça-feira. O encontro entre as entidades parceiras, que ocorre a cada dois meses, foi realizado na Faculdade Maurício de Nassau, em João Pessoa.
A Comissão de Capacitação terá como foco realizar seminários sobre o assunto junto às empresas obrigadas a cumprir a cota de aprendizes. Já a Comissão de Acesso, estudará formas de aumentar o número de jovens ingressantes no mercado de trabalho.
Projeto de lei
O Fórum ainda discutiu outras ações para 2017. Dentre elas, a criação de um projeto de lei que obrigue as repartições públicas a contratar os jovens aprendizes.
“Precisamos encontrar alguém que abrace a causa e crie o projeto de lei aqui para o Estado, assim como ocorre no Paraná, onde as repartições públicas já são obrigadas a contratar aprendizes”, afirmou a procuradora do Trabalho Edlene Lins Felizardo, coordenadora do FEAP-PB.
Outra prioridade do Fórum Estadual da Aprendizagem Profissional na Paraíba é expandir sua atuação para o interior da Estado.
“Queremos atuar mais no interior, onde também existem grandes empresas que precisamos sensibilizar”, explica a coordenadora do Fórum, Edlene Lins Felizardo.
Para o próximo encontro, a pauta será a criação de uma Comissão de Capacitação de Jovens em Cumprimento de Medidas Socioeducativas, para aqueles em regime fechado. A iniciativa faz parte do “Projeto Integrado de Aprendizagem Profissional”, que tem como objetivo inserir no mercado de trabalho os jovens em vulnerabilidade social, os egressos do trabalho infantil e os que cumprem medidas socioeducativas.

Deixe uma Resposta